O jardim secreto || Frances Hodgson Burnett

O Jardim Secreto, Frances Hodgson Burnett, Darkside Books é um clássico que marcou minha infância-adolescência, não o livro, o filme de 1993. O livro é a primeira vez que leio.  O filme é um clássico da Sessão da Tarde. Há quem diga que essa adaptação é melhor do que o livro, porque consideram a narrativa […]

Coração das trevas || Joseph Conrad

É a segunda vez que leio Coração das trevas, Joseph Conrad, Editora Darkside. E nas duas vezes eu tive sentimentos conflitantes.  Eu reconheço a importância da narrativa no que diz respeito à crítica ao imperialismo no continente africano. No entanto, é também uma leitura que me deixa extremamente desconfortável nas passagens que desumaniza os povos […]

Crepúsculo dos ídolos || Friedrich Nietzsche

Crepúsculo dos ídolos, Friedrich Nietzsche, Coleção Clássicos de Ouro,  Editora Nova Fronteira. Vocês costumam ler filósofos? Já leram Nietzsche? Eu não havia lido ainda, eu sabia pouca coisa, seus aforismos, como:  “O que não me faz morrer me torna mais forte.”  “Ajuda a ti mesmo; e então todos te ajudarão. Princípio do amor ao próximo.”  […]

Butcher Boy || Infância sangrenta | Patrick MacCabe

Butcher Boy: infância sangrenta, Patrick McCabe, DarkSide Books traz a história de Francis Brady, o menino açougueiro. A experiência de ler Butcher Boy possibilita olhar dentro da mente de um garoto com problemas psicológicos. É uma janela para um abismo. A estrutura da narrativa realça essa experiência, por ser um texto com pontuação peculiar, e […]

Depois || Stephen King | editora Suma

Depois, Stephen King, Editora Suma, foi uma leitura fluida e posso dizer que foi bem humorada, na maior parte do tempo. As tiradas irônicas com o título e as referências a outras obras em que mortos aparecem deixam a história muito mais leve.  Como pode um terror ser divertido? Graças ao estilo e aos personagens […]

Resenhas
Handmade
Siga no Instagram

La Teta Asustada ou A Teta Asustada

No meu primeiro post com indicações de filmes, quero que seja em grande estilo, ou melhor, com muita qualidade. Então, entre tantos, escolhi o filme “La Teta Asustada”, produção peruana de 2009. Vencedor do Urso de Ouro do Festival de Berlim. O filme não tem nudez, não tem cenas em velocidade de vídeo clip. Nada […]

Aspas: sobre o prega e o ridículo em literatura

O marcador “Aspas” de hoje é com Lucila Nogueira. Já escrevi um post para falar desta genial poetisa, professora, escritora… leiam o post. Escrito(a) da semana. Vocês, leitores, ainda me ouviram falar muito desta mulher. Eu costumo denominá-la de enigmática, paranormal (sua palavra preferida). Quem convivi ou conviveu com ela, entenderá meu fascínio. Assim, ela fala: […]

Escritor(a) da Semana: Lucila Nogreira

A escritora da semana é Lucila Nogueira. Professora, poeta, ensaísta, contista, crítica e tradutora, mulher, enigmática e que aos 60 anos luta contra um câncer. Nasceu no Rio de Janeiro, 30 de março de 1950. Para mim é uma  honra ter sido sua aluna. Do livro:  Livro do Desencanto(1991) Lucila Nogueira O prazo de criança […]

Prêmio LiteraCidade-2010/1 | Poemas, contos e crônicas – tema livre

Os professores Abilio Pacheco e Deurilene Sousa – organizadores da Antologia Literária Cidade – promovem este prêmio literário nacional com o intuito de incentivar novos talentos literários, valorizar produtores literários já existentes e trazer a lume para o público da Região Norte estes nomes, de modo a valorizar, incentivar e promover a leitura. 1. Diretrizes […]