Resenha de Rufino e o monstro da amoreira | Lisa Stubbs

por Nilda de Souza

Rufino e o monstro da amoreira aborda a temática do medo na infância. Já resenhamos outros livros aqui com essa mesma temática. Esse é uma assunto que sempre causa apreensão nos pais. O que fazer para acalmar as pequenos quando eles ficam aterrorizados?

Nessa história, os irmãos Rufino e Afonso precisam colher amoras-pretas para a torta que a mãe irá fazer de aniversário para Aline, a irmãzinha menor. Ocorre que Rufino tem muito medo da amoreira que fica no fundo do quintal.

Ela é gigante, escura e assustadora. Além disso, Afonso, o irmão mais velho, ainda fica lhe provocando. Afonso fala de um monstro de olhos grande, orelhas grandes, bigode comprido… que vivi na amoreira.

Os dois saem para colher as amoras, mas é Afonso que tem uma grande surpresa. Quem será o monstro da amoreira?

Rufino e o monstro da amoreira tem uma narrativa curta, ideal para os mais pequeninhos. Os meus gêmeos estão com 3 anos e adoram essa história. Eles têm intensificado perguntas, como: “Mamãe, que barulho foi esse?”. “Que foi isso?” Principalmente à noite. Acredito que essa história tem contribuído para eles entenderem melhor esses novos sentimentos. 

Os personagens de Rufino e o monstro da amoreira são uma família de raposa. Eu amo raposa como personagem. Como esquecer da raposa do O Pequeno Príncipe, não é mesmo? As ilustrações são lindas. Não tem como a gente não se apaixonar. A edição da Todolivro é caprichada, com capa dura. 

Veja também

Deixe um comentário