Resenha || A menina que contava | Fábio Monteiro

por Nilda de Souza

Eu não imaginava que falar de números poderia ser tão poético. Em A menina que contava, Fábio Monteiro teve a felicidade de articular tão bem as palavras, resultando é uma encantadora narrativa poética, fazendo com que nós, leitores grande e pequenos, fiquemos apaixonado.

A menina que contava traz a história de Alga, uma garotinha apaixonada por números, mas tão, mas tão apaixonada, a ponto de enxergá-los em todas as coisas. Alga gostava de contar. Contava os botões do casaco velho da mãe, as estrelas, as nuvens, os carros. E quando chegava ao final, voltava contando na ordem decrescente. Ela gostava dos números e eles gostavam dela.  Sabia que eles eram infinitos, por isso tinha o infinito para contar.

Alga cresceu e um dia encontrou um rapaz que também gostava de contar. Só que ele contava histórias. O final desta história? Você precisa conhecer. É linda!

Alga enxergava números em todas as coisas

Essa é minha primeira dica de livro infantil para o ano de 2019 – A menina que contava, do autor Fábio Monteiro, Editora Paulinas, é um livro é belíssimo. Com uma narrativa cativante, A menina que contava conta ainda com ilustrações de André Neves, que enriquecem ainda mais o texto verbal.

Eu deixo abaixo mais fotos para deixa vocês com mais vontade de presentear os pequenos.

Veja também

Deixe um comentário