Resenha || Deixe as estrelas falarem | Lady Sybylla

por Nilda de Souza

Minha primeira leitura do ano foi Deixe as estrelas falarem, de Lady Sybylla, publicado pela editora Dame Blanche. Eu sou leitora assídua do Momentum Saga, blog que a autora mantem, que tem conteúdo muito bacana voltado para ficção científica. Então já conheço um pouco do estilo da Sybylla.

Deixe as estrelas falarem é uma novela de ficção científica, narrada em primeira pessoa pela capitã do cargueiro Amaterasu, Rosa Okonedo. A narrativa se desenvolve quando Rosa retorna ao trabalho, após mais de um longo período afastada devido a problemas de família.

 

O retorno à sua querida nave não é tão tranquilo. Depois de tanto tempo parada, Rosa tem dificuldades para arranjar cargas a serem transportadas, pois ela trabalha de forma independente. Por causa da falta de trabalho e de dinheiro, ela acaba aceitando levar uma carga misteriosa. Mesmo sabendo que há algo de ilegal e muito perigoso. Mas a Capitã precisa manter os salários da tripulação em dia.

 

Deixe as estrelas falarem foi uma leitura rápida e envolvente. Rosa Okonedo me cativou porque, de certa forma, eu me vi nela. Explico. Rosa é mulher, mãe, trabalha fora e tem que lidar com questões como a culpa materna. Passar muito tempo longe dos filhos ou se sentir feliz exercendo outros papeis que não seja o de mãe em tempo integral são pontos que, nós mães, estamos sempre em conflito. 

Lady sybylla criou um universo interessante. Por exemplo, Rosa também é uma mulher com seus 90 anos, mas que aparentem tem bem menos, graças a vacinas genéticas aplicadas na população que retardou o envelhecimento. Esse é um ponto que pode agradar os amantes de ciências e ficção científica.

Outros aspectos que se destacam é que no universo de Deixe as estrelas falarem não é mais permitido ter robôs com aparências humana, robôs com órgãos sexuais eram proibidos. O machismo, a violência contra a mulher são ações praticamente inexistente nesse universo. E o aborto não é crime.

Nem consigo imaginar como era a vida naqueles séculos de trevas, quando uma mulher era considerada culpada pela violência que sofria.

Sybylla, Lady

Os personagem secundários são: Jensen, Akilah, Irmã Cecília e Deepa. Apesar de não terem um grande desenvolvimento, todos têm seus momentos na narrativa. Como é uma novela curta, fica mesmo difícil aprofundar cada personagem.

Para mim, Deixe as estrelas falarem peca em relação à ação e o suspense, que demora pra engatar. A narrativa se desenvolve por muito tempo de uma forma muita tranquila, sem chamada para a ação. Eu fiquei na expectativa de saber qual seria o grande conflito da trama. E quando acontece, a gente tem certeza de que a Rosa resolverá facilmente. O que é exatamente o que ocorre. Transportar uma carga ilegal para um ponto obscuro do universo é algo fácil para Rosa, com todos os seus anos de experiencia.

E é graça as ações sensatas e seguras da Rosa que a gente ter acesso a momentos de reflexões éticas e filosóficas. Com certeza eu vou sair indicando Deixe as estrelas falarem para todos que gostam de Sci-fi.

Comprando por esse link, você estará ajudando a manter o blog no ar: Amazon

10 comentários
0

Veja também

10 comentários

Isabela fevereiro 5, 2018 - 12:44 pm

Oi Nilda! Achei bem interessante o fato da protagonista ter 90 anos e todos esses conflitos com relação a maternidade. Parece ser uma leitura que nos leva a muitas reflexões, mesmo com toda a ficção científica por trás. Gostei!
Beijos

Reply
Bya (Paixões Literárias) fevereiro 5, 2018 - 3:42 pm

Oie
Eu ainda não conhecia esse livro, mas a premissa me pareceu interessante, porém não sei se ele me agradaria tanto. Triste saber que o livro peca em relação a ação e o suspense, porque são duas coisas que amo demais em um livro e que me prendem de uma forma que me fazem não largar o livro até termina-lo de ler. Dessa vez, passo a dica, mas quem sabe em um dia no futuro, eu não decida ler ele né? Adorei a dica.
BJos, Bya! ?

Reply
Alice fevereiro 5, 2018 - 10:12 pm

OIii Nilda

Eu também curto muito o Momentum Saga e o conteúdo que a Lady Sybilla traz, gosto dos livros que ela resenha, são sempre dicas interessantes. Não sabia que ela tinha escrito histórias também, achei o máximo e pela sua boa indicação com certeza terei em conta para minhas próximas leituras.

Beijos

http://www.derepentenoultimolivro.com

Reply
Juliana Xavier fevereiro 6, 2018 - 6:57 am

Gosto muito de ficção científica, mas essa obra não me atraiu muito não. Primeiro, porque uma coisa específica nesse universo me incomodaria, segundo porque não ia curtir isso de pecar com relação à ação e ao suspense. Mas achei bem legal essa questão da idade da protagonista e de ter esse recurso de não aparentar.

Reply
Camila Mondaini Paulino fevereiro 6, 2018 - 9:30 am

Admiro muito quem gostar de ficção científica, porque eu não consigo me prender a leituras desse tipo! Embora Rosa pareça ser uma personagem super interessante, vou deixar a dica passar porque não sou muito fã do gênero mas fico feliz em saber que você gostou!

beijinhos!

Reply
Camila de Moraes fevereiro 6, 2018 - 4:34 pm

Olá!
Pelo que pude entender essa é uma leitura que tem elementos de ficção científica e um mistério. Senti a história um pouco confusa e pelo visto traz alguns probleminhas no desenvolvimento da narrativa que não me atraíram o suficiente para querer embarcar nessa leitura.
Beijos!

Reply
Amanda fevereiro 7, 2018 - 8:28 am

Olá, eu não conhecia a autora. E apesar de não ser muito fã de ficção científica a trama chamou minha atenção. Mas tenho receio e ler e acabar não gostando já que no início da leitura as coisas demoram a engatar.

Reply
nathaly fevereiro 20, 2018 - 9:50 pm

Gosto muito de historias que se passam em navios e tripulações, amei o enredo e pretendo anotar em minha lista, tenho que ler este livro, achei interessante. Ótima resenha ^^

Reply
Michele Lopez fevereiro 20, 2018 - 10:20 pm

Olá,
Desconhecia totalmente tanto a autora quanto sua obra, porém meus olhinhos brilharam ao ler ficção científica!!!
Sou apaixonada por livros do gênero e o que mais me encantou é saber que a personagem principal é mulher e precisa lidar com todos esses dramas (família, culpa, seu emprego) que acabam por aproximar o leitor e envolve-lo ainda mais na trama por serem comuns em nosso cotidiano. Não sou mãe, mas minha mãe passou exatamente por isso assim como minha avó, que por sinal também se chama Rosa.
Com certeza entrou para a lista de desejados!

LEITURA DESCONTROLADA

Reply
Severo Costa junho 27, 2018 - 9:09 pm

Eu amei cada momento deste ebook e acho até que deveria ser uma série da Netflix.

E vão me desculpar as pessoas acima, mas se se você consideram os pontos negativos de um livro muito mais do que os pontos positivos, vocês vão ler bem pouca coisa nesta vida. A própria classificação do blog já colocou o livro como um dos melhores, mas só porque não tem TOOOODA aquela ação e suspensa vocês descartam? Pra mim isso é coisa de leitor mimado, que acha que todo e qualquer livro deve caber exatamente em sua expectativa própria. A resenha é só uma visão da resenhista, não é um veredito. Sugiro que leiam e depois deem sua própria opinião.

Eu hein…

Reply

Deixe um comentário