Resenha || Juntando os Pedaços | Jennifer Niven

por Gaby Marques

Juntando os Pedaços é o segundo livro jovem adulto da autora americana Jennifer Niven, que fez grande sucesso no mundo todo com Por Lugares Incríveis, também publicado pela editora Seguinte.

Quando esse livro saiu eu fiquei super animada para realizar a leitura. Em primeiro lugar porque a autora aborda aqui dois assuntos interessantíssimos: a prosopagnosia e a agorafobia. Em segundo, eu gosto da escrita da Jennifer e apesar de não ter amado Por Lugares Incríveis (tive meus problemas com a abordagem da autora sobre a depressão),  não desanimei a ler mais obras da autora.

Juntando os Pedaços é narrado, em capítulos alternados, por dois personagens, Libby e Jack.

Libby é uma adolescente que perdeu a mãe muito cedo e de forma totalmente inesperada, e depois desse episódio, somado a todo o bullying sofrido na escola, desenvolveu agorafobia, ficando assim por muitos meses trancada em casa, com uma compulsão alimentar que a fez engordar mais de duzentos quilos. Resgatada de sua própria casa com a ajuda de um guindaste, Libby passou por um longo tratamento até estar bem novamente, física e psicologicamente; e agora chegou a hora de enfrentar um de seus maiores medos: voltar à escola.

“Só as pessoas pequenas – pequenas por dentro – não aguentam o fato de alguém ser grande.”

Jack tem prosopagnosia, uma desordem que o impede de reconhecer rostos, mesmo daqueles com quem convive diariamente, como sua família e amigos. Jack mantém sua condição em segredo e quer que as coisas continuem assim, mesmo que cada dia seja uma batalha que tem que lutar para reconhecer as pessoas através de características que memoriza.

“É como estar todos os dias em uma festa à fantasia onde todos esperam ser reconhecidos.”

Mas Jack é um babaca. E Libby não está aí para aceitar mais babaquices. Quando eles se conhecem, a situação não poderia ser pior. Depois de um episódio infeliz, será que existe espaço para uma amizade?

Personagem Inteligente, engraçada e criativa

Esse livro conta a história desses dois adolescentes que são muito diferentes um do outro, mas possuem algo em comum: ambos têm algo que querem manter em segredo.

Jennifer Niven tem uma escrita ótima. Leve, envolvente e inteligente. Consegue manter o leitor entretido do começo ao fim e constrói diálogos inteligentes. Mas tem algo que não gosto muito em seus livros, e é o romance. Apesar de ter achado bonitinho a construção da relação do Jack e da Libby, a forma como a autora levou a amizade para o romance não me convenceu. E uma das cenas finais onde a prosopagnosia é romanceada (ah, ela estava indo tão bem!!!) foi totalmente forçada ao meu ver. Não curti!

“Você não é uma aberração. Alguém gosta de você. Alguém precisa de você. Não tenha medo de deixar o castelo. Tem um mundo enorme e maravilhoso lá fora.”

Essa foi uma leitura rápida (fiz em apenas um dia), e gostei muito da Libby. Que personagem ótima! Inteligente, engraçada e criativa. Tive alguns problemas com o Jack e os personagens secundários, que tinham bastante potencial, inclusive na interação com os protagonistas, e ficaram sem final.

Outra coisa que não curti foi como o bullying e as agressões entre esses adolescentes não tiveram uma abordagem legal. Sabe quando o personagem sofre agressões o tempo inteiro na escola e ninguém é punido? Pois é. Depois de um tempo lendo a mesma coisa em livros diferentes fica chato e, de certa forma, é irresponsável também com todos os jovens que estão lendo.

Enfim, esse foi um livro de altos e baixos para mim. Gostei da proposta, gostei da Libby e gostei da mensagem sobre não estar sozinho e que cada um de nós está enfrentando uma batalha pessoal.

Vocês já leram algo da autora? O que acharam? 🙂

36 comentários
0

Veja também

36 comentários

Morgana Brunner janeiro 29, 2018 - 11:36 am

Oi Gaby, gostei de saber a sua opinião referente a esse livro e parece mesmo ter sido uma leitura bem rápida e envolvente, cheio de altos e baixos, dica anotada e adorei saber a sua opinião.
Bjs

Reply
Gaby Marques fevereiro 2, 2018 - 11:24 pm

Fico feliz que tenha gostado!
Beijos

Reply
Cabine de Leitura janeiro 30, 2018 - 8:16 am

Gosto da premissa apesar de achar meio exagerado o ganho de peso da Libby, meio forçado rsrs. Levando em conta os diálogos inteligentes é uma leitura que poderia me convencer, mas romantizar problemas de saúde não rola né, temos que ser realistas. Infelizmente passo a dica, pois na minha opinião os baixos são mais fortes que os altos que temos no enredo e olha que nunca li nada da autora.

Beijos.
https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

Reply
Gaby Marques fevereiro 2, 2018 - 11:25 pm

Super entendo!
Obrigada pelo comentário.
Beijos!

Reply
Fernanda Barroso janeiro 30, 2018 - 11:02 am

Olá!
Nunca tinha ouvido falar nem da autora nem de seus livros. No início fiquei interessada pela trama, que parecia ser bem profunda, mas conforme fui lendo sua resenha, percebi que não é tanto assim. Parece ter uma mensagem legal, mas não tudo (como o lance do bullying que não tem nenhuma punição). Não sei se eu leria esse livro agora, quem sabe mais pra frente? Mas eu adorei a sua resenha!

Abraços,
https://literaleitura2013.blogspot.com.br/

Reply
Gaby Marques fevereiro 2, 2018 - 11:25 pm

Fico muito feliz que tenha gostado 🙂
Beijoos

Reply
Ritchelly Galani janeiro 30, 2018 - 11:30 am

Olá! eu tinha um leve interesse pelo livro logo quando ele lançou mas acabei esquecendo dele… Ler sua resenha me fez lembrar desse interesse. Fiquei um pouco decepcionada em como a leitura foi para você, pois você citou pontos que eu sempre levo em consideração para ser um daqueles livros que eu amo.. Tipo os personagens secundários não terem final, ou o romance não convencer… Não sei se leria o livro! Mas adorei a sua resenha, a forma como você trouxe sua opinião não fazendo com que o livro fosse de todo o mal e você colocou alguns titulos no meio dela o que foi bem dinamico.. ! Ótimo trabalho!

Beijos,
Conta-se um Livro

Reply
Gaby Marques fevereiro 2, 2018 - 11:26 pm

Muito obrigada, Ritchelly! Realmente não foi uma leitura convincente para mim, mas outras pessoas podem gostar 😀

Beijos!

Reply
Gessica janeiro 30, 2018 - 3:01 pm

Ouço falar sempre muito bem da escrita e dos livros da autora. Particularmente eu não tenho muito interesse.
Gostei da sua resenha sincera e os pontos que ressaltou no qual não lhe agradou, acho que se lesse também não gostaria.
Mas no geral parece ser uma ótima obra.
bjus

Reply
Gaby Marques fevereiro 2, 2018 - 11:27 pm

Infelizmente não foi uma leitura 100% 🙁
Fico muito feliz que tenha gostado da resenha!

Obrigada pelo comentário <3
Beijoos!

Reply
Larissa Dutra janeiro 30, 2018 - 6:05 pm

Olá, tudo bem? Tenho muita vontade de ler este livro, bem como o anterior da autora (Por lugares incríveis). Acho a proposta bem interessante e diferente. É uma pena que a estória tenha alguns pontos baixos \:

Ótima resenha!

Beijos,
https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

Reply
Gaby Marques fevereiro 2, 2018 - 11:28 pm

Obrigada, Larissa! 😀

Reply
Cris Santana janeiro 30, 2018 - 10:38 pm

Oi tudo bem?
Gostei muito da sua sinceridade em relação ao livro, e a abordagem sobre o bullying toda essa abordagem tem que ser levada a sério, creio que isso você quis dizer, anotada a dica, parabéns pela resenha. Bjs!

Reply
Gaby Marques fevereiro 2, 2018 - 11:31 pm

Obrigada, Cris! É exatamente isso.
A autora criou situações interessantes, mostrando como algumas pessoas podem ser cruéis com as outras, mas não deu a devida atenção aos personagens que sofreram essas agressões, as consequências desses atos etc. São milhares de adolescentes lendo o livro, então acredito que os autores do gênero devam ter bastante cuidado e dar toda a atenção a esse assunto, quando resolvem abordar o tema.

Beijos!

Reply
Nathalia Isis Oliveira janeiro 30, 2018 - 11:00 pm

Olá

Infelizmente, ainda não conhecia nada da autora. Porém, achei o enredo fascinante. É esse tipo livro que gosto de ler. Não conhecia as duas nomenclaturas – nomes de doenças – citadas na obra. E que bom que autora pôde trazer assuntos tão pertinentes para seu enredo. A sua resenha está incrível!

“Só as pessoas pequenas – pequenas por dentro – não aguentam o fato de alguém ser grande.”
I N C R I V E L

Dica anotada. =*

Reply
Gaby Marques fevereiro 2, 2018 - 11:32 pm

Fico feliz que tenha gostado, Nathalia!
Infelizmente não foi uma leitura muito boa para mim, mas é certo que o livro pode agradar e já vem conquistando muitos leitores.

Beijos!

Reply
Amanda janeiro 31, 2018 - 7:43 am

Eu gsoto quando os livros jovem adulto trazem essa pegada mais realista do que os adolescentes passam… Faz com que eles não se sintam sós…. Mas é sempre um desafio para os autores tratarem esses temas de maneira responsável. Acredito que apesar dos altos e baixos a autora conseguiu fazer issso.
Bjs

Reply
Gaby Marques fevereiro 2, 2018 - 11:32 pm

Obrigada pelo comentário, Amanda!

Beijos

Reply
Marijleite janeiro 31, 2018 - 4:13 pm

Olá, muito boa sua resenha, apontou os pontos positivos e negativos que encontrou na obra. Eu ainda não li nada da autora, mas quero começar por esse livro por todos os comentários que já li sobre a Libby, que parece ser uma personagem que eu preciso conhecer.

Reply
Gaby Marques fevereiro 2, 2018 - 11:33 pm

A Libby é realmente incrível! 😀
Fico feliz que tenha gostado do post.
Beijos!!

Reply
Beatriz Andrade janeiro 31, 2018 - 10:01 pm

Eu estou bem curiosa com esse livro, parece ser uma boa leitura e gostei de poder conhecer um pouco mais sobre a obra através da tua resenha. Acho a capa desse livro tão linda.

Reply
Gaby Marques fevereiro 2, 2018 - 11:33 pm

Essa capa é mesmo maravilhosa, não é?*-*

Reply
Camila de Moraes fevereiro 1, 2018 - 5:24 pm

Olá!
Essa autora é sensacional e sempre procura trazer em suas tramas uma forma de abordar esses temas como bullying, acho que nesse caso certamente eu ficaria com raiva dos personagens que não tiveram punições, mas por um outro lado acho importante retratar que essas coisas também acontecem o tempo todo né.
Essa é uma leitura que pretendo realizar em breve.
Beijos!

Reply
Gaby Marques fevereiro 2, 2018 - 11:36 pm

Oie, tudo bom?
Realmente é algo que acontece o tempo inteiro, infelizmente. O bullying é terrível, doloroso, deixa marcas na vida de uma pessoa… Acho que um pouco mais de cuidado ao abordar o assunto não faz mal, principalmente se o público alvo são adolescentes na idade dos personagens. É um livro repleto de preconceito e gordofobia na escola, e ninguém faz nada, exatamente nada. Além disso, esses personagens que sofrem tanto acabaram sem final. E os agressores também. Foi algo que realmente me irritou.

Beijos!

Reply
Lucy fevereiro 2, 2018 - 12:50 am

Oi, Gaby! Lembro de já ter lido um livro com um personagem com prosopagnosia, achei bem interessante! Sobre essa história, não fazia ideia do que esperar dela. Uma pena Jack ser um babaca… Mas gostei da Libby e fiquei morrendo de vontade de ler. rsrs
Sobre o bullying, acho que a autora não deixou um final merecido para os agressores para demonstrar que nem tudo na vida real tem um final feliz. É horrível, mas já vi essa abordagem em outro livro e realmente é um choque.
Bjos!
Lucy – Por essas páginas

Reply
Gaby Marques fevereiro 2, 2018 - 11:39 pm

Também acredito que a autora pensou assim, Lucy! Mas não achei muito responsável a forma como ela colocou as coisas, foi um livro repleto de agressão, gordofobia e preconceitos, e não houve uma conversa séria sobre isso, sobre as consequências desses atos, nem houve um final para os agressores, ou mesmo para alguns dos personagens que sofreram a história toda com isso. Não precisava ser um livro autoajuda, ou com mensagens de superação em todo capítulo… Realmente esperava mais.

Beijos!

Reply
Sophia Merkauth fevereiro 3, 2018 - 7:07 pm

Oi, tudo bem?
Não conhecia o livro e nem a autora, mas fiquei interessada pela temática que ela aborda. A depressão, mesmo com tanta informação, ainda é tabu e muitos não consideram como doença. Adicionei na minha lista de quero ler e pretendo ler este ano ainda! Parabéns pela resenha e por sua sinceridade!

Reply
Jis Rocha fevereiro 5, 2018 - 6:21 pm

Ola
Já estive com esse livro em mãos para comprar mas como disse em outros lugares ( e muitos me julgam por isso), não consigo mater o foco da leitura qdo os personagens são adolescentes, sempe tem algo característico dessa fase que me irrita e me tira todo o tesão da leitura. Apesar do tema tratado nesse livro não ser abordado ( sério , esse desordem do Jack só vi uma vez em um episódio de Criminal Minds), parece interessante, mas vou passar a dica e recomendar para as pessoas que seique podem gostar.
Bjus

Reply
Bruna Costabeber fevereiro 5, 2018 - 8:28 pm

Olá Gaby,
Também li esse livro rápido e me encantei completamente por essa obra. Eu gostei muito da força e determinação de Liby e a forma como ela nos ensina páginas após página. Eu também gostei muito de ver que o mocinho não é tão babaca assim. Acho que esse livro trouxe muitos ensinamentos.
Beijos

Reply
Garotas Devorando Livros fevereiro 6, 2018 - 10:25 am

Olá!

Eu conheço de nome o primeiro livro da autora, mas nunca cheguei a ler, não me despertou o interesse necessário. Então, eu não conhecia a prosopagnosia e achei bem interessante a autora levantar uma condição pouco conhecida, fiquei realmente curiosa para saber mais, só que no momento estou atolada de leituras e ainda preciso organizar as leituras que quero fazer esse ano, então vou por na lista para não esquecer e voltar para ele logo. Fiquei com ressalvas quanto a sua observação do romance e da romantização da doença, mesmo assim me deixou intrigada.

Beijos

Reply
Angélica fevereiro 6, 2018 - 11:12 am

Oi, tudo bem?
Fiquei curiosa em relação ao livro, apesar da questão do bullying não ter sido abordado da melhor forma.
Bjs

Reply
Jennifer Silva fevereiro 7, 2018 - 10:03 am

Oii! Nossa, parece ser uma história realmente interessante. Eu não conheço muito essas doenças e gostaria de saber mais sobre o assunto, gostei dos personagens e a história de vida deles é bem tocante. Achei engraçado eles não se darem bem a primeira vista e estou curiosa para ler a construção dessa amizade. A sua resenha está ótima e espero conhecer a escrita da Jennifer um dia, bjss!

Reply
Renata fevereiro 7, 2018 - 8:58 pm

Oi Gaby , como está?
Já tinha lido algumas resenhas desse livro e no geral acho a proposta dele ótima apesar dos pontos ruins que tu destacou. Sei que quem pratica bullying deveria ser punido, mas a gente sabe que na vida real isso não é muito simples.
Abraços e beijos da Lady Trotsky
http://galaxiadeideias.com
http://osvampirosportenhos.blogspot.com

Reply
Claudia Del Santo fevereiro 14, 2018 - 5:03 pm

É bem legal ler uma resenha tão sincera. <3 Apesar de todo sucesso em torno da autora, você soube pontuar bem o que gosta e o que desgosta em suas obras. Tem muita gente que se deixa levar pelo sucesso do autor e "esconde" aquilo que não concorda. Não foi seu caso. Apesar dos problemas que apresentou na obra, gosto de ler livros que abordem desordem comportamental, por isso tenho interesse em ler o livro. Um beijo e muito sucesso com o blog.

Reply
Bruno Marukesu fevereiro 21, 2018 - 10:17 pm

Oi, Gaby ^^
A Jennifer Niven é uma das autoras que tenho muita vontade de ler principalmente por conta do hype que teve em cima de Por Lugares Incríveis que quero ler mas não encontro ainda uma promoção atrativa para mim pela Saraiva.
Quando esse novo livro saiu primeiramente me peguei desejando por conta da capa e logo em seguida por quem o escreve.
Tentei ao máximo não ler resenhas para não criar expectativas pois está ai algo que é muito ruim!
Entretanto, tive que ler suas impressões para saber do que tratava o enredo e fico feliz em ver que a autora continuou nessa denúncia dos problemas da nossa sociedade atual. Infelizmente, fico decepcionado em saber que ela não faz uma abordagem 100% correta, só apresenta e não traz soluções. Sabemos que expor é importante mas mais importante ainda é ver qual o posicionamento do autor e o que ele faria para mudar afinal eles criam os enredos, eles podem fazer a diferença pelo menos nos seus enredos.
Só posso dizer que continuo desejando a leitura dessa obra, mas lerei com atenção.
Parabéns pela resenha.
Abraços.

Reply
Alvaro Hendrick fevereiro 27, 2018 - 8:05 am

Eu adoro livros sobre problemas psicológicos (lá no meu blog tem algumas resenhas de livros com essa temática) e tenho quase certeza que gostaria da leitura desta obra. Além disso, a capa é belíssima! Adorei a dica 🙂

Portal GATILHO
https://portalgatilho.wordpress.com

Reply

Deixe um comentário