Resenha || Outros jeitos de usar a boca | Rupi Kaur

Poesia

Resenha || Outros jeitos de usar a boca | Rupi Kaur

Outros jeitos de usar a boca é um livro de poemas da autora Rupi Kaur, que divide os capítulos em quatro partes: A dor, o amor, a ruptura e a cura. No Brasil, o livro foi publicado pela editora Planeta, e na versão em inglês recebe o nome de Milk and Honey e, no decorrer da leitura, é possível encontrar trocadilhos com ambos os nomes, tanto na versão em português (Brasil) quanto na versão em inglês.

A dor

você diz para ficar quieta porque
minhas opiniões me deixam menos bonita
mas não fui feita com um incêndio na barriga
para que pudessem me apagar
não fui feita com leveza na língua
para que fosse fácil de engolir
fui feita pesada
metade lamina metade seda
difícil de esquecer e não tão fácil
de entender

Os poemas que se encontram nesta parte do livro, são intensos e fortes e tratam a dor de mulheres que sofreram abusos dentro de casa ou fora dela, mulheres que quando crianças não tinham um bom relacionamento com o pai, violência domestica e machismo.

O amor

ele diz
desculpe por eu não ser uma pessoa fácil
eu olho para ele surpresa
quem disse que eu queria fácil
eu não gosto de fácil
gosto de difícil pra caralho

A segunda parte é sobre o amor, e nesta traz poemas doces, inocentes, apaixonados e sexys. Tem uma certa leveza, principalmente após a leitura do capítulo anterior.

A ruptura

você não agiu errado quando foi embora
você agiu errado quando resolveu voltar
pensando
que podia ficar comigo
quando fosse conveniente
e me deixar quando não fosse mais

Neste capítulo, também tem uma certa leveza, apesar de abordar temas como términos de relacionamento e assédio. As palavras que Rupi usa são para descrever como um sentimento pode nos quebrar, e ainda assim ser capaz de aprender a lidar com a perda.

A cura

quero pedir desculpa a todas as mulheres
que descrevi como bonitas
antes de dizer inteligentes ou corajosas
fico triste por ter falado como se
algo tão simples como aquilo que nasceu com você
fosse seu maior orgulho quando seu
espíritos já despedaçou montanhas
de agora em diante vou dizer coisas como
você é forte ou você é incrível
não porque eu não te ache bonita
mas porque você é muito mais do que isso

A cura é o capitulo que traz poemas sobre aceitação, amar a si mesmo e como é importante perdoar. É um dos capítulos mais bonito do livro.


A primeira coisa que me fez querer ler esse livro foi o vídeo da youtuber Jout Jout, após o vídeo encontrei em diversas redes sociais fotos e trechos que me motivaram ainda mais a querer experimentar a leitura.

A maneira como Rupi escreveu os poemas é simples, deixando o destaque para a complexidade de que se trata o tema abordado. As ilustrações são em um estilo minimalista sem cores, apenas traços finos e delicados, que complementam as palavras escritas pela autora.

É uma leitura prazerosa e, ao chegar ao fim, deixa aquele gostinho de “quero mais”. É impossível não se identificar ou se emocionar com os poemas. A maneira singela e singular que Rupi escreveu nos faz sentir acolhidas, a maneira como trata a importância do empoderamento feminino, nos mostrando que nós [mulheres] não estamos sozinhas nessa luta.

É uma leitura que recomendo para todos, é o tipo de livro que nos faz sentir acolhidos. A leitura é facil, pois possui uma linguagem informal e poucas páginas.

Comprando por esse, você ajuda a manter o blog no ar: Amazon

Título original: Milk and Honey

Autor: Rupi Kaur

Editora: Planeta

Número de páginas: 208

Ano: 2017
About the author
Bruna Carolina. 22 anos. Biomédica. Fã de Grey's Anatomy, One Tree Hill, Sense8 e outras milhares de séries. Apaixonada por livros e música.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *