Resenha || A Poção Perdida | Amy Alward

por Mayara Nascimento

A Poção Perdida, de Amy Alward, é o segundo volume da Trilogia Potion. Recapitulando as aventuras vividas no primeiro volume A Poção Secreta (com spoiler): a princesa Evelyn faz uma poção do amor e a toma por engano; Samantha Kemi é convocada para a caçada selvagem promovida para salvar a vida da princesa e o reino de Nova; Ela vive muitas aventuras ao lado de Zain Aster (até então, seu rival na caçada e agora seu namorado); Sam vence a caçada e salva a princesa.

Embora a princesa tenha sido salva e o efeito da poção revestido, ela enfrenta um novo problema: a quantidade de poder que tem é muito grande, e ela não está conseguindo controlá-lo sempre. Para equilibrar tal poder, ela deveria casar-se e dividir o poder com o seu companheiro. Mas, Evelyn não quer se casar com qualquer um apenas para cumprir a tradição Real.

As melhores coisas não vêm fácil.

Em meio a esses conflitos, a princesa conta com a ajuda de Samantha – conhecida por todos como uma aprendiz de alquimista talentosíssima e vencedora da caçada selvagem – elas viraram melhores amigas e estão prestes a partir para uma tour real em busca de um par perfeito para a princesa (essa é a desculpa que elas dão a todos, na verdade, elas estão em busca de ingredientes para uma nova poção que possa ajudar a princesa).

Infelizmente, antes de partirem para a tour, algo terrível acontece ao avô de Sam, ele é encontrado desacordado – suas memórias foram roubadas. Alguém está em busca dos segredos da família Kemi para descobrir a fórmula de uma das poções mais poderosas – a Aqua Vitae.

A que ponto eu chegaria por uma poção poderosa como a Aqua Vitae? É uma pergunta que nem eu quero saber a resposta.  

Para salvar o seu avô, Sam viaja com a princesa, mesmo que o objetivo da Tour tenha mudado, e segue em busca do diário perdido de sua bisavó Cléo (onde encontra-se a fórmula da Aqua Vitae). Em meio a centauros e dragões, Sam luta com todas as suas forças para conseguir o que almeja, ainda que não esteja sendo fácil ser forte quando a vida de seu avô está por um fio.

Além disso, resta descobrir quem está por trás de tudo isso e por quê.

Poção Perdida: uma protagonista forte e determinada

Eu poderia contar minhas impressões sobre essa leitura, mas, melhor do que isso vou destacar 5 razões para vocês conhecerem essa trilogia fantástica:

  1. Samantha, apesar de adolescente, não é uma protagonista frágil e fútil, pelo contrário, ela é determinada e forte;
  2. O mundo mágico que Amy criou é encantador, a junção de tecnologia com magia deixa tudo tão real que a impressão que temos é que podemos nos teletransportar para qualquer lugar a qualquer momento e ainda fazer uma selfie ao chegar lá;
  3. Os seres mágicos que aparecem na história desde o primeiro livro, bem como as aventuras que Sam vive com cada um deles deia qualquer um de boca aberta pra saber o que vai acontecer depois. Além de ser também uma ótima oportunidade para conhecermos melhor esses seres;
  4. Os personagens secundários (Zain, Evelyn, Anita, Arjun, Kirst) ensinam belas lições de amizade e lealdade;
  5. Traz um contexto original, embora tenha pontos em comum com outras séries (magia, princesas, seres mágicos, vilãos), mostra a alquimia como uma ciência que ainda é utilizada (e sua eficácia) mesmo com tantos avanços tecnológicos e científicos.

Só para completar, gostaria de ressaltar que essa leitura não me decepcionou em momento algum, e foi ainda melhor que a do primeiro volume. Por essa razão, estou ansiosa pelo terceiro volume – que ainda não foi lançado aqui no Brasil. Boa leitura a todos e Boas festas!

 

 

Veja também

9 comentários

Clayci dezembro 30, 2017 - 9:10 am

Eu acho essas capas tão lindas.
Já passei pelo primeiro volume algumas vezes na livraria, mas ainda não tive a oportunidade de comprar. Na verdade eu nem sabia q era trilogia rs. Já fiquei com vontade de ler =D

Reply
Bya (Paixões Literárias) dezembro 30, 2017 - 1:51 pm

Oiii
Ai, sou louca pra ler esse livro. Deve ser maravilhoso, imagino que os personagens devam ser cativantes mesmo kk fico feliz por vc ter gostado da leitura. Amei sua resenha e seu blog.
Bjos, Bya! ?

Reply
Consuelo dezembro 30, 2017 - 4:35 pm

Gostei muito de sua resenha. Nos dá uma dimensão muito ampla da história. Não li o primeiro mas me interessei muito peão história e a série em si. Adorei a descrição das personagens.

Reply
Fabrica Dos Convites dezembro 30, 2017 - 9:21 pm

Fiquei encantada por esta capa e pelas fotos que você fez, lindas, parabéns! Em relação ao enredo, gostei, ainda mais pelos destaques que você vez. Só o fato de não encontrar uma adolescente fútil já valeria a leitura.
Bjs, Rose

Reply
Nara Dias janeiro 1, 2018 - 12:18 pm

Oi Mayara, tudo bem? Antes mesmo de iniciar a leitura de sua resenha, mas gostei muito das fotos que você tirou e dessas capas lindassss! Gostei da trama e fiquei com vontade de ler, apesar de estar fugindo de sagas e ter que terminar algumas em 2018. Beijos

Reply
Alvaro Hendrick janeiro 1, 2018 - 9:01 pm

Gostei muito da sua resenha e principalmente das suas fotos, muito boas. Infelizmente não me atraiu muito pois não gosto desse gênero literário, mas deve ser uma leitura interessante para quem gosta da temática. Adorei o post! Boa sorte com o blog 🙂

Portal GATILHO
https://portalgatilho.wordpress.com

Reply
Larissa Dutra janeiro 2, 2018 - 11:56 am

Olá, tudo bem? Que capa mais lindinha! Estes livros parecem ser muito bons, tenho bastante curiosidade. Gostei de saber que apesar de a personagem ser adolescente ela não é chata ou fútil, isso é muito bom. Ótima resenha!

Beijos,
https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

Reply
Camila de Moraes janeiro 2, 2018 - 7:53 pm

Olá!
Eu ainda preciso ler o primeiro livro dessa série. Acho que a trama é bem desenvolvida e a personagem me deixou animada pra leitura.
Espero conseguir ler ainda esse ano.
Adorei sua resenha!
Beijos!

Reply
Bruna Costabeber janeiro 4, 2018 - 8:03 pm

Olá!
Eu não sabia que A Poção Secreta tinha continuação, ou eu apenas não registrei. Peguei um spoiler do final do primeiro livro, mas acho que posso aceitar isso, uma vez que devo esquecer amanhã haha.
Pelo que percebi esse segundo volume segue o mesmo padrão do primeiro e parece ser tão bem construído quanto. Eu fiquei contente também com a personalidade da Samantha, que me agradou ao extremo.
Dica anotadíssima.
Beijos

Reply

Deixe um comentário