Resenha || Demolidor: O homem sem medo

Nerd Resenhas

Resenha || Demolidor: O homem sem medo

Desde o anúncio da Editora Novo Século de que o autor Paul Crilley teria a incumbência de colocar a história de Matthew Murdock em um livro que eu fiquei ansiando para saber com seria o resultado final. Agora posso dizer que o livro ficou ótimo. Sim, sim Demolidor: O Homem sem medo foi minha última leitura.

Demolidor: O Homem sem medo publicado pela a Editora Novo Século é uma versão em romance da HQ de Frank Miller & John Romita Jr., originalmente publicada em 1993. Essa é a mesma Hq que serviu de base para a série Demolidor, da Netflix. Então se você não leu a Hq, mas viu a séria, é certo que você vai identificar várias cenas. Ou se você não leu a Hq e nem viu a série, não se preocupe, você entender a história.

A história traz a origem do Demônio de Hell’s Kitchen

No livro, acompanhamos o garoto Matthew Murdock dos treze anos, quando perde a visão, até os 27 anos, já formado em advocacia, e iniciando sua vida de super-herói.

Quando menino, Matt, como muito garotos da sua idade, sofreu com bullying na escola. Os grandões da escola não lhe davão trégua. Seu único refugio era o ginásio onde o pai treinava. Lá Matt descarregava todas suas raivas e frustrações em sacos de pancadas.  Mas é também no ginásio onde Matt tem o primeiro contato com mundo surdido e sombrio dos mafiosos. O pai de Matt, Jack Murdock, se ver obrigado a trabalhar para a máfia. A partir daí a vida de Jack entra em declino sem volta.

Demolidor: O Homem sem medo é narrado em terceira pessoa. A história inicia no presente, para em seguida voltar ao passado, quando Matt ainda era só um garoto e, no final, volta para o presente. A divisão dos capítulos é feita com a contagem do tempo em anos, meses, semanas, dias e horas. O que é interessante, pois o leitor se situa bem no tempo.

Como já falei, mas vou repetir: a romancização do Demolidor: O Homem sem medo me deixou satisfeita. Uma ou duas coisas que me incomodaram. Tem sido muito interessante acompanhar esse movimento de transposição dos quadrinhos para o romance. Nos últimos tempo em eu li Viúva Negra (tem resenha aqui) Deadpool, Homem-Aranha (em breve eu trago a resenha dos dois).

Ler uma história que você já conhece em Hq, mas agora sem parte gráfica/visual, foi uma experiência  diferente, mas extremamente enriquecedora. Há, de certa forma, uma ampliação da narrativa, mais informações, e um aprofundamento no desenvolvimento psicológico dos personagens. Claro, no livro há mais espaço do que nos balões dos quadrinhos.

Para mim o que mais me deixou satisfeita foi poder entrar na mente do sociopata Lark, braço direito de Fisk, o chefe mafioso e grande adversário do Demolidor. Ah, preciso dizer que eu não consigo gostar de Elektra Natchios. Não posso deixar de falar o quando é bonita a amizade entre Matt e Foggy Nelson. Aqui no livro não há um aprofundamento na amizade dos dois, uma pena. Um dos pontos que não me agradou.

Bom, esse é um livro que eu recomendo que todos os fãs do Demolidor. Leiam, por favor, pois vocês terão uma experiência diferente de ler os quadrinho ou assistir a série.  Por fim, destaco a edição: é muito bonita.

Compre por esse link e ajude a manter o blog: Amazon

Titulo: Demolidor: O Homem sem medo | Autor: Paul Crilley | Capa comum: 272 páginas | Editora: Editora Novo Século; Edição: 1 (15 de julho de 2017) | Idioma: Português
About the author
Literamaníaca, seriemaníaca. Mãe de dois Dragões. Em metamorfose. Rezo para os deuses novos e antigos. Minhas jornadas são nas estrelas. A força está comigo. Não sei se tudo isso é verdade, só sei que foi assim.

14 Comments

  1. Oi Nilda.
    Tenho quase certeza que fiz “caquinha” no primeiro comentário estava com um “comentário” na memória aqui do pc e acabei colando ele embaixo do seu. Então, estou comentando novamente para você aprovar esse que está certinho rs..
    Assistimo a série do Netflix até a metade da temporada acredito, mas já tinha assistido aquele filme do demolidor também, então conheço um pouco da sua história. Fiquei feliz em saber que o livro é bom e não estão estragando com os quadrinhos para ganhar dinheiro, sabe como é. rs. Meu marido é fascinado por esse universo HQ e passei sua dica para ele tenho quase certeza que ele vai querer o livro, quanto a mim por hora vou continuar acompanhando de longe, mas gostei da dica.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

  2. Olá Nilda, tudo bem?

    Que interessante, nem sabia desse livro do Demolidor, acho que tô meio por fora mesmo… desses romances baseados em HQ’s li apenas o Guerra Civil, e gostei muito. Bom saber que já tem vários, e de heróis super legais. O Demolidor é um dos meus favoritos, e eu tb não sou muito fã da Elektra, apesar de ela sempre ser gatona, ela é mais uma pedra no sapato do Matt, sempre atrapalha!

    Abraço!
    Marcelo Brinker
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

  3. Olá!! 🙂

    Eu confesso que não conhecia este livro ainda, mas fiquei vagamente curioso, especialmente depois da tua resenha! No entanto, não sou grande fa de Marvel e super heróis, etc.

    Bem, acho ótimo que tenhas gostado de explorar a mente do sociopata referido! O livro parece, no mínimo, curioso 😛

    Boas leituras!! 😉
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

  4. Oi Nilda,
    Adoro a forma que vocês aqui do Garagem avaliam os livros. Estou acompanhando a série, mas nem sabia da existência do livro. Vou continuar assistindo e se eu gostar vou ler o HQ. Obrigada pela dica!
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

  5. Olá! Gosto bastante da história do Demolidor, ainda não assisti a série, só aquele filme com o Ben Afleck. Não tenho nada contra a Elektra e nem a favor rssrs. Gostei de saber da abordagem do lado psicológico, de entrar na mente. Agora fiquei mais do que curiosa para ler, a capa está linda, beijos!

  6. Oi, tudo bem?
    Que bom que a experiência foi positiva!
    Tenho alguns livros não lidos da coleção da Marvel aqui e preciso mudar isso.
    Demolidor confesso que não conheço a históra.
    Bjs

  7. Eu não sabia sobre o livro e já fiquei toda curiosa aqui, parece ser um livro que eu vá gostar bastante, tem tudo o que me atrai, mas também acho que alguns pontos podem me desanimar um pouco. Ainda assim eu quero ler e descobrir mais sobre a trama.

  8. Olá,

    Desde que assisti ao filme Demolidor, virei a louca dos super heróis, quero saber tudo sobre o Mat, mas por não ser muito de ler HQ’s sei muito pouco sobre ele. Como livros faz mais o meu estilo, adorei esse lançamento e já irei em buscar desse livro. Adorei saber sua opinião sobre o livro!

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

  9. Oi! Poxa infelizmente se tem um tema que eu não curto é esse de heróis. Acho um pouco cansativo, realmente não tenho interesse. Deve ser bem legal pra quem curte, acho que leitura obrigatória, né? Mas essa dica eu passo.
    Beijos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *