Viúva Negra – vermelho eterno | Margaret Stohl

por Nilda de Souza

Natasha Romanoff, codinome Viúva Negra é uma personagem intrigante, que me agrada muito.  Ela é uma super-heroína, mas também é humana e cheia de defeitos; ela consegue se sobressair no mundo em que os homens têm maior destaque; ela é uma assassina letal, missão dada é missão cumprida; ela é sombria e complexa; E sim, ela merece um filme solo.

Então quando a Novo Século lançou Viúva Negra: vermelho eterno quis logo conferir o que  Margaret Stohl mostraria da Natasha. Eu imaginava uma coisa, mas Stohl foi por outro caminho. As escolhas narrativa de Stohl não me conquistaram por completo. Mas o livro tem pontos bem interessantes.  E como é de costume, vou ressaltar o que me agradou e o que não gostei tanta assim.

Em Viúva Negra: vermelho eterno, Natasha está em uma missão em Odessa, Ucrânia, a serviço da S.H.I.E.L.D. Ela deverá eliminar Ivan Samodorov, seu arqui-inimigo. Nessa missão, Natasha salva a Ava Orlova, uma das crianças que foi submetida aos experimentos da Sala Vermelha, assim como Natasha.

Oito anos se passaram, Ava fugiu da tutela da S.H.I.E.L.D, agora vive sozinha num porão no Brooklyn, Nova York, e tem somente uma amiga, Oksana. Ava tem sonhos perturbadores com  um rapaz chamado Alex.

Alex acha que não se encaixa na família e vive se metendo em confusões. Ele também tem certeza que vive em constante vigilância da CIA. Sua grande paixão é a esgrima, paixão também de Ava. E é em uma campeonato de esgrima que a vida dos três – Ava, Alex e Natasha – vai se cruzar.

Quando crianças da Europa Oriental começam a desaparecer, Natasha tem certeza que o inimigo do passado está de volta e ele virá atrás dela e de Ava.

Viúva Negra: vermelho eterno traz dois personagens novos – Ava e Alex – dois adolescentes que têm relação com Natasha.  O livro é narrado em terceira pessoa, alternando o foco narrativo entre os três personagens. Não início de cada capítulo há também, em folhas preto, a descrição de um inquérito envolvendo Natasha e um caso de morte em serviço.

E para mim, um dos pontos baixos do livro foi justamente focalizar mais em Ava Olorva do que em Natasha. Mas eu entendo os motivos que levou a autora a centrar em dois adolescentes, uma vez que o publico alvo é justamente os jovens. Mas um livro com o nome Viúva Negra é de se esperar que o grande destaque seja a personagem título, não é mesmo?

Os pontos positivos – Viúva Negra: vermelho eterno

A leitura é rápida. Tem bastante ação. É quase como se fosse um episódio da série de TV Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D, com participação especial da Viúva Negra. É tanto que no inicio do livro Natasha está a serviço da S.H.I.E.L.D e não como integrante dos Vingadores.

A narrativa traz a participação de Phil Coulson e Tony Stark. É ótimo poder conferir as marcas das personalidades desses dois personagens. Para quem assiste a série de TV sabe que Coulson é um dos personagens mais queridos Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. Ele tem um humor peculiar, assim como Tony Stark nos filmes.

A edição da Novo Século ficou linda, como vocês podem ver nas fotos. As bordas vermelhas das folhas é uma arraso, não é mesmo? E a a divisão dos capítulos é perfeito, com o vermelho característico e a arranha. Um ponto muito legal é o inquérito no inicio de cada capítulo.

ROMANOFF: Uma arma pode muito bem disparar nos dois sentidos, senhor. Você quer matar uma pessoa na mira? Então tem que aceitar que pode também matar quem puxa a gatilho. Não tem como escolher.

Margareth Stohl

Ponto baixo – Viúva Negra: vermelho eterno

A narrativa não consegue dar profundidade à personagem Viúva Negra. Ela fica quase que sempre à margem na história. Vemos a Viúva Negra mais pelos olhos da Ava. Mas como eu falei acima, o proposito da autora é esse mesmo: um livro com protagonistas adolescentes, com problemas e amores próprios dessa idade. Mas esse é meu ponto de vista.

Uma questão que não é bem um ponto baixo, mas deve ser ressaltado. Essa é uma leitura que fará mais sentido para quem conhece um pouco dos Vingadores e da S.H.I.E.L.D. Pois não há inserção do leitor no universo da Viúva Negra. O leitor tem que conhecer o mínimo dos filmes, da série de TV ou dos Qhs para intender melhor a história.

Talvez num futuro o leitor tenha a chance se conhecer melhor Natasha Romanoff, a espiã russa, treinada pra ser uma assassina letal, já sofreu mais de uma lavagem cerebral, lutou do lado de cá e do lado de lá. Uma mulher com essas características tem muito a dizer.

20 comentários
0

Veja também

20 comentários

Morgana Brunner julho 1, 2017 - 11:44 am

Oiii Nilda tudo bem?
Sempre tive algum apreço pela viuva negra e até então nem sabia que tinha seu livro, gostei muito de saber a sua opinião e quais são os pontos que mais despertaram seu interesse, com toda certeza iria adorar ler e conhecer melhor a história de vida dela.
Beijinhos

Reply
Paula Sesterheim julho 1, 2017 - 3:42 pm

Oii, tudo bem?
Não conhecia essa obra, mas adorei a diagramação e a premissa. Ainda não li nada sobre a Viúva Negra e adoraria conhecer mais esse mundo dela, que pelo que pude notar em alguns filmes é já foi bem triste. Só não curti o fato da autora não dar profundidade a personagem, acho que seria incrível se isso tivesse acontecido. Mesmo assim, quero ler o livro. Adorei a resenha e parece ser uma ótima leitura apesar de alguns pontos.

Reply
Mari julho 1, 2017 - 9:52 pm

Eu também tinha outra impressão desse livro. Apesar de ainda querer conhecer essa história, acho que vou com outra visão após ler seu post.
Beijos
Mari
Pequenos Retalhos

Reply
Nilda de Souza julho 3, 2017 - 10:42 pm

Mesmo tendo sido uma leitura que não gostei de alguns pontos, acho que vale muito a pena. A Viúva Negra é uma personagem que merece muito ser lida, ter maior destaque.

Beijos

Reply
Roberta Gouvêa julho 1, 2017 - 11:54 pm

Olá, tudo bem?
Eu adoro a viúva negra! Sou apaixonada pela personagem forte e sedutora. Assim que vi a primeira foto fiquei babado na lombada vermelha e depois percebi que a diagramação é toda perfeita. Quero esse livro pra já.
Beijos <3

Reply
Nilda de Souza julho 3, 2017 - 10:40 pm

Essa edição é linda! Compra mesmo. Desejo que seja uma ótima leitura.

Beijos

Reply
Dayane Frazão julho 2, 2017 - 8:13 am

Eu sou muito fã de Séries e filmes
Vingadores eu amo demais, adoro a Natasha
Ela é incrível
Não conhecia esse livro, já quero. Muito ler.
Adorei os pontos positivos, adoro leitura rápida, a resenha bem simples e prática, bjos

Reply
Kah Fernandes julho 2, 2017 - 3:59 pm

Quando eu vi o lançamento desse livro fiquei babando, achei linda a edição, não é um livro que eu leria, mas é um livro que eu ia querer na minha estante, gostei de você mostrar os pontos fortes e fracos, está ótima sua resenha, meus parabéns.

Beijos

Reply
MICHELLE RUSSO julho 2, 2017 - 6:14 pm

Olá adorei seu blog, e a resenha ficaram incríveis ambos, adorei as fotos e gosto muito de livros do gênero, não conhecia a autora mais quero muito ler este livro fiquei curiosa, beijos!

Reply
Beatriz Andrade julho 2, 2017 - 10:27 pm

Bom, pelo título eu também achei que a trama seria mais focada na Natasha e fiquei um pouco decepcionada em saber que não é. Mas ainda assim eu fiquei curiosa com a leitura e espero que se eu for ler, que eu não fique tão frustrada pelo fato de focar mais em Ava.

Reply
Liziane Goulart julho 3, 2017 - 7:50 am

Oi!!
Eu não li nenhum dos livros da Marvel lançado pela editora, mas meu marido sim, ele é colecionador de HQs e quando viu os livros resolveu comprar e ler todos.
Acho que de todos esse é um que eu gostaria de ler, sempre falo que adoraria ver um filme só dela para conhecer mais sobre a personagem.
Gostei da tua resenha e fiquei bem interessada no livro, vou dar uma olhada na estante do marido, é quase certo que ele tem esse kkk.
Beijão!

Reply
Marijleite julho 4, 2017 - 4:17 pm

Olá, pelas fotos essa edição parece estar muito bonita. Pelo pouco que vi nos filmes, eu gosto da personagem. Uma pena que no livro ela não tenha tido tando destaque.

Reply
Fabiana julho 5, 2017 - 12:33 am

Olá Nilda, tudo bem?
Confesso que não conhecia esse livro, mas já quero.
Eu também gosto muito da Natasha e esse livro parece ser um prato cheio para os fãs da heroina
A edição está belissima do tipo que da orgulho de se ter na prateleira.
Amei a dica e a resenha
Beijos

Reply
Fabiana julho 5, 2017 - 12:35 am

Olá Nilda, tudo bem?
Confesso que não conhecia esse livro, mas já quero.
Eu também gosto muito da Natasha e esse livro parece ser um prato cheio para os fãs da heroina, mesmo que o foco principal não seja ela. A edição está belissima do tipo que da orgulho de se ter na prateleira.
Amei a dica e a resenha
Beijos

Reply
Grazi Souza julho 6, 2017 - 9:43 pm

É complicadi quando o livro tem um título que demonstra protagonismo, mas a história vai lá e diminue ele sem mais nem menos. O livro parece rápido pelo conteúdo, mas não sei se me entreteria muito. Acho que a trama seria melhor na TV msm hahaha boa resenha!

Reply
Ana Paula Medeiros julho 7, 2017 - 10:22 pm

Oi. Quase não sou muito chegada à maioria dos personagens relacionados ao universo da Marvel, mas tenho curiosidade com alguns. A viúva negra é uma que leria sobre suas histórias e o livro chama bastante atenção com a premissa e essa edição maravilhosa.
Obrigada pela dica 🙂

Reply
Michele Lopez julho 10, 2017 - 11:00 am

Olá,
Levando em consideração todos os pontos destacados, o livro me agrada bastante.
É difícil encontrar uma personagem feminina como agente ou assassina nata como Natasha e isso me chamou muito a atenção. Fiquei curiosa para entender a ligação que Ava e Alex apresentam com a protagonista e também como será o desfecho dessa trama regada a ação!
Fico feliz de saber que é uma leitura bem rápida e dinâmica. Dica anotada.

LEITURA DESCONTROLADA

Reply
Kamila Villarreal julho 10, 2017 - 9:10 pm

Olá!

Entre marvel e DC, prefiro a Mulher Maravilha! Porém esse livro tem uma diagramação linda, leria só por isso. Adorei seu blog, parabéns por ele e pela resenha!

Reply
Resenha || Demolidor: O homem sem medo - Garagem blue cult setembro 27, 2017 - 8:06 am

[…] 8.3 Young Adult […]

Reply
Resenha || Homem-aranha: a última caçada de - Garagem blue cult novembro 21, 2017 - 4:40 pm

[…] 8.3 Young Adult […]

Reply

Deixe um comentário