Resenha de O menino que tinha medo, mas muito medo

por Nilda de Souza

Sentir medo é um dos sentimentos mais naturais do ser humano. Na maioria das vezes, ele nos protege dos perigos do cotidiano, seja na infância ou quando já somos adultos. Mas é preciso ter uma medida certa do medo. Como achar essa medida? O medo não pode ser paralisante.

Eu iniciei falando do medo porque tenho uma dica de livro infantil que aborda o tema: O menino que tinha medo, mas muito medo, do autor Claudio Martins, publicado pela Editora Paulinas.

Os pequenos e os já não tão pequenos têm muitos medos. Os pais têm que lidar com esses medos. E muitas vezes não sabem o que fazer. Os medos das crianças são vários: ele têm medo de ficar só, medo do escuro, medo da sombra, medo de perder o papai, a mamãe…etc.

Para superar a fase dos medos grandões é preciso muito diálogo, muita compreensão e muito amor. Uma forma de iniciar o diálogo é por meio da leitura. Minha super dica é: O menino que tinha medo, mas muito medo.

O menino que tinha medo, mas muito medo colocou um leão para tomar conta da porta da frente. Na porta dos fundos, dependurou a foto da vovó sem dentadura. Nas janelas, plantou flores carnívoras. O problema é que o medo se espalhou pela cidade, e os valentões se tremeram de medo. E agora? Como super todos os medos, já que todo a cidade estava assombrada?

É muito interessante como o autor aborda o tema. Claudio Martins mostra, de uma forma lúdica, que todo mundo tem medo. Sem complicação e, principalmente, sem querer enganar a criança. É uma história com humor e fantasia. Os medos grandões a gente põe para correr. Sabe, aqueles medos que atrapalha a vida? Mas aqueles medos pernas curtas é natural que todas as pessoas tenham.

A edição da Editora Paulinas está linda! E as ilustrações são do próprio autor e têm tudo a ver com o texto verbal, contribuindo para o enriquecimento da narrativa.

Para que não sabe, Claudio martins faleceu em fevereiro do ano passado. Ele foi escritor, poeta, designer, ilustrador, fotógrafo. Uma perda inestimável. São mais de 300 livros ilustrados, centenas de capas e cerca de 40 livros de sua autoria.

Veja também

Deixe um comentário